Política de Privacidade


Carta Goiás Industria e Comércio de Papéis S/A (“Carta Fabril”).

Bem-vindos à Carta Fabril!

1. Quem somos

A Carta Fabril é um dos maiores grupos empresariais no segmento de higiene pessoal. A nossa missão é ser líder por excelência, oferecendo sempre soluções em higiene pessoal que proporcionem bem-estar e confiança, e contribuam para um futuro sustentável.

2. O propósito do documento

A Política de Privacidade aqui descrita busca demonstrar como os seus dados pessoais são tratados pela Carta Fabril, reforçando nosso compromisso com valores importantes, dentre os quais se destacam o bom relacionamento e a transparência com os Usuários, em linha com as disposições da Lei Geral de Proteção de Dados (Lei 13.709/18).

3. Das Definições

  1. “Carta Goiás Industria e Comércio de Papéis S/A”: responsável pela gestão dos produtos presentes na plataforma https://www.cartafabril.com.br/. Neste documento, será chamada de “Carta Fabril”.
  2. “Usuário”: é aquele que utiliza a plataforma da Carta Fabril, independentemente de login ou cadastro.
  3. “LGPD": significa “Lei Geral de Proteção de Dados”, trata-se da Lei nº 13.709/2018;
  4. “Dados pessoais": qualquer informação relacionada a pessoa natural que a identifique, ou que, usada em combinação com outras informações tratadas, identifiquem um indivíduo. Ainda, qualquer informação por meio da qual a identificação ou informação de contato de uma pessoa natural seja possível;
  5. “Dado Anonimizado”: dado relativo a titular que não possa ser identificado, considerando a utilização de meios técnicos razoáveis e disponíveis na ocasião do tratamento;
  6. “Anonimização”: utilização de meios técnicos razoáveis e disponíveis no momento do tratamento, por meio dos quais um dado perde a possibilidade de associação, direta ou indireta, a um indivíduo;
  7. “Titular”: pessoa natural a quem se referem os dados pessoais objeto do tratamento;
  8. “Tratamento de Dados Pessoais": considera-se tratamento de dado pessoal a coleta, produção, recepção, classificação, utilização, acesso, reprodução, transmissão, distribuição, processamento, arquivamento, armazenamento, eliminação, avalição ou controle da informação, modificação, comunicação, transferência, difusão ou extração de dados de pessoas físicas;
  9. “Controlador”: pessoa natural ou jurídica, de direito público ou privado, a quem competem as decisões referentes ao tratamento de dados pessoais;
  10. “Finalidade”: o que a Carta Fabril objetiva a partir do tratamento de dados pessoais.
  11. “Consentimento": autorização livre, informada e inequívoca pela qual o Usuário concorda com o tratamento de seus dados pessoais para uma finalidade previamente estipulada;

4. A Quem essa Política de Privacidade se aplica?

Esta Política de Privacidade se aplica a todos aqueles que utilizam a plataforma da Carta Fabril, bem como àqueles que de alguma forma tenham seus dados pessoais tratados pela Carta Fabril. A utilização da plataforma pelo Usuário implica na aceitação desta Política de Privacidade.

5. Tratamento de Dados Pessoais

Para nós, é muito importante que você, Usuário, saiba como seus dados são tratados, como os obtemos e quais são esses dados. Por isso, fizemos questão de montar com a tabela abaixo, para que você não perca nenhuma informação. Confira:

Origem dos dados Dados tratados
Informações que você fornece como Usuário A Carta Fabril coleta informações fornecidas pelos próprios Usuários nas seguintes hipóteses:
  1. Fale Conosco: nome, sobrenome, endereço, celular, telefone e e-mail.
  2. Trabalhe Conosco: envio do currículo após login e senha de cadastro da plataforma de recrutamento e seleção de candidatos (Vagas.com).
Informações coletadas automaticamente A Carta Fabril coleta e armazena informações sempre que o Usuário interage com a plataforma. Tal como outros websites, coletamos: endereço de IP; sistema operacional do dispositivo utilizado, navegador do seu dispositivo; seções do site acessadas; interações realizadas; dados técnicos, como informações de URL; dados de cookies; os tipos de dispositivos que você está usando para acessar ou se conectar ao site; o id exclusivo do dispositivo; atributos do dispositivo; o tipo de conexão de rede.


ATENÇÃO! A Carta Fabril não possui acesso ao endereço de IP de navegação do Canal de Ética e Denúncia. Este é hospedado fora do sistema da Carta Fabril, sendo, portanto, uma ferramenta independente, sigilosa e imparcial. O Canal de Ética está disponível para os públicos externo e interno e é administrado por empresa terceira contratada, garantido o anonimato por denúncia via internet e por telefone.

6. Finalidade do Tratamento e Base Legal Adotada

Buscando sermos sempre transparentes, relacionamos abaixo as principais finalidades de nossas operações que envolvem dados pessoais, aliadas às suas respectivas bases legais para tratamento.

Finalidade Base Legal
Para prestar o serviço contratado, dando-lhe a funcionalidade adequada. Art. 7º, inciso V da LGPD - execução do contrato entre a Carta Fabril e o Usuário.
Responder às solicitações, dúvidas, reclamações, atender pedidos e dar suporte técnico. Art. 7º, inciso V da LGPD - execução do contrato entre a Carta Fabril e o Usuário.
Para fins comerciais, tais como análise e gestão de negócios, pesquisas de mercado para desenvolvimento de novos produtos, aprimoramento da plataforma e melhoria de nossos serviços e produtos. Art. 7º, inciso IX da LGPD - interesse legítimo da Carta Fabril em otimizar sua administração e gestão.
Para realização de backup e gestão de informações em bancos de dados. Art. 7º, inciso IX da LGPD - interesse legítimo da Carta Fabril.
A fim de proteger os direitos, a privacidade, a segurança, a propriedade, as operações, adotando-se o armazenamento das informações em nuvem, antivírus e Firewall pela Carta Fabril. Art. 7º, inciso IX da LGPD - interesse legítimo da Carta Fabril.


Em geral, o tratamento dos dados pessoais estará embasado no cumprimento de obrigação legal ou regulatória, execução de contrato, no exercício regular de direitos em processo ou no legítimo interesse, conforme previsão nos incisos I, II, V, VI e IX do artigo 7º da LGPD.

O tratamento dos dados pessoais empreendido pela Carta Fabril sempre estará fundado em alguma base legal, prevista nos arts. 7º e 11 da LGPD, ainda que eventualmente não tenha sido elencado na tabela acima.

7. Direitos dos titulares de dados pessoais

O Usuário tem direito de solicitar à Carta Fabril informações referentes ao tratamento de seus dados pessoais, por meio dos pedidos abaixo:
  1. Confirmação da existência de tratamento – o titular pode entrar em contato a fim de confirmar se algum dado pessoal seu é tratado pela Carta Fabril.
  2. Acesso aos dados - é direito dos titulares requerer acesso aos dados existentes tratados pela Carta Fabril.
  3. Correção de dados incompletos, inexatos ou desatualizados - os titulares podem solicitar a alteração de dados pessoais incorretos, inexatos ou desatualizados.
  4. Anonimização, bloqueio ou eliminação de dados desnecessários, excessivos ou tratados em desconformidade a LGPD - a solicitação de bloqueio e a eliminação poderá ser negada nos casos em que o pedido não puder ser atendido ou nos casos em que for obrigatório ou permitido seu armazenamento, de acordo com as hipóteses elencadas no art. 7º da LGPD e demais dispositivos aplicáveis. Em razão de a anonimização impedir a identificação do indivíduo, os dados anonimizados deixam de ser considerados dados pessoais e, portanto, passam a estar fora do escopo de aplicação da LGPD.
  5. Eliminação dos dados pessoais tratados com o consentimento do titular - os dados pessoais dos titulares serão eliminados após o cumprimento da finalidade, exceto nos determinados casos: a) cumprimento de obrigação legal ou regulatória pela Carta Fabril; b) transferência a terceiro, desde que respeitados os requisitos de tratamento de dados dispostos na LGPD; ou c) uso exclusivo da Carta Fabril, vedado seu acesso por terceiro, e desde que os dados estejam anonimizados.
  6. Informação das entidades públicas e privadas com as quais a Carta Fabril realizou compartilhamento de dados: é direito do titular requerer acesso aos dados pessoais que forem encaminhados às entidades públicas e privadas.
  7. Informação sobre a possibilidade de não fornecer consentimento e sobre as consequências da negativa: a Carta Fabril está disponível para esclarecer quaisquer dúvidas que possam existir em função do tratamento dos dados pessoais, inclusive sobre os possíveis impactos decorrentes do não fornecimento do consentimento.
  8. Revogação do consentimento: o consentimento fornecido pelos titulares poderá ser revogado a qualquer momento por meio de pedido escrito à Carta Fabril através de procedimento gratuito quando esta for a base legal para o tratamento.

Caso o Usuário deseje exercer qualquer dos direitos previstos nesta cláusula, deverá entrar em contato com a Carta Fabril, utilizando para tanto as informações de contato disponibilizadas nesta Política de Privacidade. A Carta Fabril adotará os melhores esforços para adoção das medidas necessárias dentro dos prazos indicados na LGPD e demais normas pertinentes.

8. Política de cookies

A Carta Fabril utiliza cookies. Contudo, caso o Usuário deseje, poderá desativar parte ou a totalidade dos cookies. É comum que isso possa ser feito através do menu “opções” ou “preferências” de seu browser. Note-se que, ao desativar cookies, pode ser que haja prejuízos na performance da navegação da plataforma. Os cookies utilizados pela Carta Fabril possuem as seguintes funcionalidades:

  1. Cookies essenciais: são necessários para que a plataforma funcione de maneira mais simples e eficiente, permitindo gerenciamento de rede, um ambiente mais seguro e acessibilidade.
  2. Cookies de desempenho: ajudam a Carta Fabril a entender como os Usuários interagem com a plataforma, fornecendo informações sobre as áreas visitadas, o tempo de visita e quaisquer problemas encontrados, como mensagens de erro. Isso ajuda a Carta Fabril a melhorar o desempenho da plataforma.
  3. Cookies de funcionalidade: permitem que sejam coletadas informações sobre a plataforma, permitindo uma análise técnica e estática, melhorando sua usabilidade e garantindo que a plataforma funcione adequadamente.
  4. Cookies de publicidade: são utilizados para fornecer um conteúdo mais relevante para o Usuário, através de distribuição de publicidade direcionada.

9. Registro de Atividades

A Carta Fabril pode registrar as suas atividades realizadas no site, criando, quando possível e aplicável, logs (registros de atividades efetuadas nos sites, aplicativos e serviços) que conterão: o endereço de IP do dispositivo utilizado, acesso e ações realizadas na plataforma, data e hora de cada ação realizada e informações sobre o dispositivo utilizado, tais como a versão de sistema operacional, o navegador e geolocalização.
Além dos cookies, podemos utilizar certas tecnologias de monitoramento das atividades realizadas no site, tais como:

  1. Web beacon: é uma técnica que permite mapear quem está visitando uma determinada página da web, identificando o seu comportamento com diferentes sites ou servidores da web.
  2. Ferramentas de analytics: essas ferramentas podem coletar informações como, por exemplo, a forma que o Usuário visita o site, incluindo quando e quais páginas foram visitadas, além de outros sites que foram visitados antes do site da Carta Fabril.
  3. Ferramentas de redirecionamento: essas ferramentas permitem a interação com o Usuário a partir de nossas redes sociais. As tecnologias de redirecionamento analisam as informações que coletamos sobre suas interações com a plataforma da Carta Fabril. Ao ser redirecionado para um site ou aplicativo de terceiros, cada um é regido por Termos e Condições de Uso e Política de Privacidade próprios.

As tecnologias utilizadas por nós sempre respeitarão os termos desta Política.

10. Compartilhamento de Dados com Terceiros

Todo compartilhamento é feito com adoção das medidas de segurança de natureza técnica e administrativa necessárias, além de objetivar o fornecimento ou melhoria de serviços e produtos.

A Carta Fabril compartilha dados pessoais coletados dos Usuários para atendimento das demandas (dúvidas, reclamações e demais solicitações) nos canais de comunicação da própria Carta Fabril e para práticas administrativas, visando fornecer ou melhorar seus serviços e produtos.
Podem ainda ter acesso aos dados pessoais que você fornece, os terceiros selecionados para a prestação de serviços, incluindo empresas que: (a) fornecem suporte técnico e assistência com o site; (b) são responsáveis por manter os nossos sistemas seguros; (c) comercializam e distribuem nossos produtos; (d) auxiliam no processo de recrutamento interno.

Também podemos transferir seus dados pessoais para um terceiro que adquira a totalidade ou parte dos ativos ou ações da Carta Fabril, ou que nos suceda na realização de todo ou parte de nossos negócios, seja por fusão, aquisição, reorganização ou de outra forma.

Na plataforma da Carta Fabril pode haver links para plataformas de terceiros, sendo certo que cada um é regido por Termos e Condições de Uso e Política de Privacidade próprios.

Além destas hipóteses, a Carta Fabril compartilha dados pessoais dos Usuários nos casos em que o compartilhamento for necessário para o cumprimento da legislação aplicável ou diante de requisição de autoridades públicas ou governamentais.

11. Medidas de Segurança e Sigilo de Dados

A Carta Fabril se compromete a manter a confidencialidade, integridade e segurança das Informações disponibilizadas pelo Usuário ou a ele relacionadas.

Sem prejuízo de outras medidas, a hospedagem do site é realizada pelo Grupo Locaweb, ambiente reconhecido pelo alto nível de segurança. Além disso, o site é seguro com Certificado SSL.

Este site incorpora procedimentos físicos, eletrônicos e administrativos para proteger a confidencialidade de seus dados pessoais, proporcionando um ambiente em que a transmissão de dados seja sigilosa e segura.

O acesso às suas informações pessoais é restrito. Somente têm acesso concedido aos seus dados pessoais pessoas autorizadas da Carta Fabril e nossos provedores de serviços, que necessitam acessá-los para finalidades específicas. Os servidores em que a Carta Fabril armazena suas informações pessoais são mantidos em um ambiente seguro e protegido por firewall.

Ressaltamos que, assim como qualquer interação ocorrida na internet, não é possível garantir um nível de segurança infalível e livre de toda e qualquer ameaça, tendo em vista a rapidez em que novas tecnologias são desenvolvidas. Dentro desse cenário, nos comprometemos a empreender nossos melhores esforços para garantir que o site esteja, dentro do possível, sempre atualizado e protegido de invasões e falhas.

A Carta Fabril se exime de qualquer responsabilidade pelas perdas e danos, de toda natureza, que se possam atribuir à presença de vírus ou de outros elementos nos conteúdos que possam produzir alterações no sistema de informática, documentos eletrônicos ou cadastros de usuários.

12. Retenção e descarte de dados pessoais

Os dados pessoais tratados pela Carta Fabril serão armazenados durante o tempo em que estiver vigente o contrato (art. 7º, inciso V da LGPD). Findo o contrato, as informações do Usuário, incluindo dados pessoais de terceiros, serão armazenadas de acordo com as normas de prescrição do direito brasileiro, salvo se o tratamento tiver como base o consentimento do titular, que poderá ser revogado a qualquer tempo. Em havendo legítimo interesse que justifique o armazenamento, será oferecida a possibilidade de opt-out nos casos que envolvam comunicações de marketing e demais casos aplicáveis.

Após o prazo prescricional, os dados pessoais tratados pela Carta Fabril serão eliminados, com exceção dos casos em que o tratamento for necessário em razão das hipóteses previstas nos incisos do art. 16 da LGPD, abaixo destacadas:
  1. cumprimento de obrigação legal ou regulatória pelo controlador;
  2. estudo por órgão de pesquisa, garantida, sempre que possível, a anonimização dos dados pessoais;
  3. transferência a terceiro, desde que respeitados os requisitos de tratamento de dados dispostos nesta Lei; ou
  4. uso exclusivo do controlador, vedado seu acesso por terceiro, e desde que anonimizados os dados.

13. Modificação da Política de Privacidade

A Carta Fabril poderá modificar, alterar ou substituir a qualquer tempo esta Política de Privacidade. As alterações à presente Política de Privacidade serão divulgadas neste site por meio de mensagens ou banners.
Somente após a divulgação no site, as alterações ou atualizações serão aplicáveis às informações pessoais coletadas.

14. Informações de contato

A responsável pelo tratamento dos dados pessoais na Carta Fabril é a Carta Goiás Industria e Comércio de Papéis S/A, empresa brasileira, registrada sob o CNPJ 03.752.385/001-31, com sede na Rua Visconde de Sepetiba, número 935, sala 1411, Centro, Niterói /RJ, CEP: 24020-206.
Em caso de dúvidas ou questionamentos, é possível entrar em contato com a Carta Fabril através do e-mail: privacidade@cartafabril.com.br.

15. Data de alteração

A última atualização deste Política de Privacidade foi realizada em 10/12/2021.